A UTI Neonatal “Dr. Concéssio Batista da Costa”, da Santa Casa de Caridade de Formiga, completou um ano de atendimento ininterrupto.

 A data representa um marco para a instituição, pois, desde que foi inaugurada, em dezembro de 2013, a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal chegou a ter os serviços interrompidos por duas vezes. Desde o dia 2 de julho de 2014, os serviços estão sendo prestados continuamente. Este ano, houve um novo risco de fechamento devido à crise financeira, mas a UTI Neo mantém-se em funcionamento e ainda conseguiu aumentar o número de leitos.

Segundo a coordenadora da UTI Neonatal, Andréia Alvarenga, até o final de junho a unidade contava com seis leitos em funcionamento, agora foram acrescentados outros dois e até o fim dessa semana serão 10. Para isso, houve um processo de treinamento contínuo durante um ano com rotinas da unidade para a nova equipe. Atualmente, a unidade conta com oito recém-nascidos internados. Já passaram pela UTI Neo da Santa Casa de Formiga 172 crianças.

De julho de 2014 até março deste ano, a UTI Neonatal não estava habilitada, portanto, não recebia verbas do SUS (Sistema Único de Saúde). Assim, a unidade gerava um prejuízo mensal em torno de R$200 mil para o hospital. A atual Administração, que tem à frente o provedor/administrador judicial Sidney Ferreira, conseguiu o credenciamento, o que aumentou a receita.

A UTI Neonatal conta com três fisioterapeutas, duas fonoaudiólogas, um secretário, uma responsável técnica, 21 enfermeiros, além de atendimentos das psicólogas e assistentes sociais do hospital. Ao todo, sete médicos revezam nos plantões.

O médico Concéssio Batista destacou que a comemoração foi calorosa e que a unidade pode ser comparada a uma criança, pois o primeiro ano é o mais difícil, o mais rápido e que mais se desenvolve, é o mais importante de todos. “Espero que a UTI Neonatal possa fazer muitos anos, crescer, perpetuar e proliferar. Percebo um sentimento de um cuidado muito grande, de equipe, de unidade. Sinto-me muito bem na unidade”.

A unidade infantil é um diferencial da instituição, pois dá mais segurança, comodidade e melhores condições de atendimento para os recém-nascidos de Formiga e região que necessitarem de cuidados intensivos. A UTI Neo significa um grande avanço assistencial para a região que, até então, contava apenas com seis leitos, no Hospital São João de Deus, em Divinópolis. Com 230 m², a UTI Neonatal beneficia Formiga e outras 54 cidades, num total de 1,2 milhão de habitantes.

UTI Neonatal 1 ano 2 5

 

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

print
Comentários