Varginha, no Sul do estado, deverá receber um Centro de Inovação Tecnológica, com investimento dos Emirados Árabes. O anúncio foi feito na última   semana, após reunião entre o governador do estado, Romeu Zema, o prefeito de Varginha, Vérdi Lúcio Melo, e o presidente do Porto Seco Sul de Minas, Cléber Marques de Paiva.

A reunião ocorreu no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, e contou também com a participação, por videoconferência, do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, e de autoridades dos Emirados Árabes Unidos.

O projeto prevê a criação de um hub de inovação, espaço que deverá reunir startups, com o objetivo de gerar negócios e o desenvolvimento tecnológico para as cidades da região. O Centro de Inovação foi elaborado pelo empresário e presidente do Porto Seco Sul de Minas, Cléber Marques de Paiva, que desde janeiro deste ano iniciou negociações com os Emirados Árabes.

A informação foi confirmada por Felipe Flausino, gerente de operações da Cesul Lab – outro projeto de inovação em desenvolvimento na cidade de Varginha –, que tem o Porto Seco Sul de Minas como uma das empresas líderes no segmento de mobilidade urbana, e investidor do novo empreendimento.

De acordo com Felipe Flausino, o projeto tem o objetivo de transformar municípios mineiros em cidades inteligentes: “Nós vamos trabalhar para que as cidades do Sul de Minas se tornem cidades inteligentes e de base tecnológica, como fizeram em Dubai e Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Eles querem replicar os modelos deles em cidades que possam gerar negócios, relações bilaterais entre os dois países e retorno para eles”, explica.

A execução ocorrerá em várias etapas com a participação de indústrias, universidades e startups da região Sul do estado. Para o líder de operações da Cesul Lab, no futuro, a transformação das cidades poderá ocorrer de diversas formas. “Desde energia sustentável, captação de água de chuva para a população, monitoramento de câmera por drone e uma série de projetos, etapas envolvendo todos os líderes de cada setor, com a intenção de gerar tecnologia e converter em ações para a comunidade”, comenta Flausino.

Investimento

 Para financiar o projeto, os representantes mineiros aguardam parte de um fundo bilionário dos Emirados Árabes, destinado a investimento em inovação. Os próximos detalhes do acordo serão discutidos em outra reunião, prevista para esta semana, quando o governador de Minas, Romeu Zema, deve visitar Varginha.

Participaram do primeiro encontro o ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, Sheikh Abdullah bin Zayed al Nahyan; o ministro de Estado dos Emirados Árabes Unidos e presidente do Instituto Masdar, Sultan Ahmed Al Jaber; o ministro de Estado para a Inteligência Artificial, Economia Digital e Aplicações do Trabalho Remoto dos Emirados Árabes Unidos, Omar Al Ulama; e o embaixador do Brasil nos Emirados Árabes Unidos, Fernando Igreja.

Do governo de Minas, também participaram o vice-governador Paulo Brant, o secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, e o secretário-geral adjunto, Marcel Beghini.

Fonte: Estado de Minas

Imprimir
Comentários