A Fundação Educacional Comunitária Formiguense (Fuom), por intermédio do curso de arquitetura e urbanismo do Centro Universitário de Formiga, promoveu um concurso interno para a reforma/construção da portaria nº 1 do campus. O concurso foi destinado a alunos do 5º ao 7º períodos de arquitetura e urbanismo, regido pelas disposições do edital 01/2012, lançado no dia 2 de maio.
Na terça-feira (19), a comissão julgadora avaliou os projetos recebidos. A comissão foi composta pelo reitor Marco Antonio de Sousa Leão, pela professora Marianna Costa Mattos; pelo engenheiro Rodrigo Otávio Bahia, pela arquiteta Cristiana Sartoleri e pela coordenadora do curso, Hiveline Giovani Canan.
O projeto vencedor é de autoria do aluno Rômulo César Alves, do 7º período de arquitetura e urbanismo. A premiação foi entregue na quarta-feira, na Praça de Alimentação do Prédio 1, durante o intervalo das aulas noturnas. Como prêmio, o aluno recebeu com um netbook Samsung e terá ainda uma menção em placa a ser afixada no local. Os participantes do concurso receberão certificados.
A premiação foi entregue pelo Reitor do Unifor, que parabenizou o aluno vencedor pela criatividade do projeto e ressaltou a importância do envolvimento dos acadêmicos de arquitetura e urbanismo. A coordenadora do curso destacou a importância da iniciativa e a adesão dos alunos, com propostas bastante interessantes, que vão contribuir muito com a instituição.
Realizado em etapa única, o concurso teve como objetivo principal selecionar o projeto arquitetônico mais adequado para a edificação/reforma da portaria principal do Unifor. Também buscou estimular os futuros arquitetos a apresentarem projetos inovadores, com responsabilidade socioambiental, trazendo para a prática os ensinamentos técnicos assimilados no curso; promover o curso de arquitetura e urbanismo do Unifor; estimular a busca por novas técnicas construtivas e soluções inovadoras no campo da arquitetura, instigando o trabalho criativo; edificar/reformar a portaria nº 1 do campus, de forma que esta ofereça segurança e conforto para quem está em seu interior, proporcione ampla visualização do entorno, facilite as medidas de contingenciamento e de controle e seja projetada com adoção de novas técnicas de sustentabilidade, podendo ser implantadas soluções que minimizem custos e que apresentem alto grau de qualidade, eficiência e estética.

Imprimir
Comentários