Um vendaval com rajadas de até 120 km/h atingiu, nesta sexta-feira (12), a cidade de Uruguaiana (RS). A força dos ventos derrubou uma torre de transmissão de energia elétrica e mais de seis mil pontos, que abastecem cerca de 18 mil pessoas, ficaram sem luz na região.
Na área central do estado, principalmente em Santa Maria, havia mais quatro mil pontos (12 mil pessoas) sem energia elétrica. Não há previsão de normalização do abastecimento.
O vento forte também destelhou cerca de 15 imóveis em Panambi. Também foram registrados danos nos telhados de casas em São Luiz Gonzaga e Três de Maio. Uma escola de Ibirubá também teve a cobertura danificada pelo temporal.
Houve ainda registro de granizo em Bossoroca, mas sem registro de danos materiais, mas com transtornos no trânsito da cidade. A queda de árvores na rodovia em Independência deixou a pista local bloqueada entre as 8h e as 8h30

Chuva
A cidade mais atingida pela chuva na madrugada desta terça-feira foi Pelotas (RS). Houve queda de granizo durante alguns minutos. A antena de uma rádio caiu sobre o prédio da emissora, mas ninguém ficou ferido. Parte de uma construção caiu sobre o telhado de uma casa, destruindo a sala da residência. Ninguém se machucou.
Em Porto Alegre, o vento alcançou a velocidade de 85 km/h na região do Aeroporto Internacional Salgado Filho. Ao menos mil pontos, cerca de quatro mil pessoas, da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) ficaram sem energia por causa do mau tempo.
As cidade de Taquara, Santo Ângelo e São Luiz Gonzaga, Santa Rosa e Horizontina tiveram problemas de abastecimento de energia.

print
Comentários