O vereador Sargento Elton Tavares (Patriota) protocolou na Câmara em Divinópolis, nessa terça-feira (7), o pedido de renúncia ao cargo. A decisão havia sido anunciada pelo parlamentar no dia 20 de março durante reunião ordinária.


De acordo com a assessoria de comunicação da Câmara, o pedido será lido em plenário, devendo a Mesa Diretora da Casa declarar a saída oficial do vereador e fazer convocação do suplente para o cargo.


Contudo, devido à pandemia do coronavírus, os trabalhos no Legislativo estão suspensos e não foi divulgada a data em que o documento será lido no plenário.


Renúncia
Elton estava no primeiro mandato e, entre as justificativas, destacou que irá se dedicar à família. O parlamentar fez a leitura de uma carta de renúncia durante reunião ordinária na Casa. Posteriormente, o mesmo documento foi lido por ele nas redes sociais.


Na carta, Elton ressaltou a atuação na Câmara, as comissões que liderou e várias outras ações dele e da equipe em mais de três anos no Legislativo.


Leia a íntegra da carta publicada pelo vereador
“Primeiramente, gostaria de me dirigir ao povo de Divinópolis, para agradecer a todos, principalmente aos que me confiaram o seu voto nas urnas, para a função de vereador como também para deputado federal, para comunicar-lhes que:
Por mais de três anos de dedicação diuturna à vida pública, com a consciência tranquila, dormindo o sono dos justos, sempre defendendo o interesse da população, enquanto Vereador, dentre inúmeras reuniões, denúncias, discussões, comissões e projetos, os quais podemos citar com orgulho: a CPI da COPASA, onde investiguei e encontrei graves falhas no cumprimento do contrato, passíveis de caducidade do mesmo (extinção unilateral do contrato), inclusive com direito a indenização em favor do Município, o qual dependia única e exclusivamente do Chefe do Executivo; o Processo de Impeachment do Prefeito, devido a oferta de cargos sem contrapartida do trabalho e outras irregularidades; Projetos de Lei que se tornaram Lei, como a Lei das portas de aço em bancos, sendo inédita, e depois disso, nunca mais houve explosões em caixas eletrônicos de bancos em Divinópolis; a Lei de recolhimento de veículos abandonados, também inédita em todo o país, inclusive com pedidos de cópias para inúmeras cidades pelo Brasil; a Lei do recolhimento do óleo de cozinha utilizado, também inédita com pedido de cópia para várias cidades, sendo que é uma lei de proteção ambiental aos rios, mananciais e córregos; emenda a Lei Orgânica do Município, que determina ao candidato a cumprir os projetos de campanha para não acontecer como o atual prefeito, que prometeu em sua campanha, a construção de 3 UPAs e manipulando o povo divinopolitano; Lei que diminui os pontos de drogas e prostituição na cidade; Lei que reduz a poluição sonora e muitas outras aprovadas, emplacamento de veículos alugados por órgãos públicos municipal em Divinópolis, sendo descumprida pelo prefeito, e mesmo assim tem o apoio da maioria na câmara.
Ainda, projetos que foram barrados na Casa, como: a redução para menos de 150 metros quadrados, para construção unifamiliar, o que geraria empregos e aqueceria a economia local; a exigência de ficha limpa e curso superior na área para secretários municipais; passe livre aos estudantes carentes e portadores de doença crônica como o câncer e pacientes da hemodiálise, indicação de redução salarial desde de 2017 para os cargos de Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários e Vereadores, enfim dentre vários projetos em favor da moralidade do serviço público que foram cerceados na Câmara Municipal e pelo prefeito, tais como uma auditoria na prefeitura, para abrir a caixa preta e descobrir os rombos que nela foram e são causados; conquistas de emendas parlamentares para calçamento de ruas e a prefeitura por desconsideração ao povo não executa o projeto deixando a população à mercê do descaso, principalmente aquela comunidade ribeirinha do bairro Jardim Oliveiras, em um ato de covardia, extrapolando qualquer tipo de análise racional de um verdadeiro gestor. A verba está sendo perdida pois não compactuo com coisas erradas e não voto projetos para beneficiar interesse próprio ou de amigos.
Durante todo esse tempo de dedicação diuturna, e quase 30 anos dedicados a Polícia Militar, abdiquei do convívio da família, que foi duramente sacrificada com a minha ausência constante em inúmeros momentos, sendo que a família é a base de nossa vida!
Ainda decepcionado com as falcatruas e irregularidades e pior, as impunidades constantes, sendo que na maioria das vezes, eu e poucos companheiros, éramos as vozes solitárias do deserto, sempre derrotados pela maioria que coadunam com as irregularidades, visando interesses pessoais e preterindo os interesses da população.
Para me dedicar à família, meu maior patrimônio; darei lugar ao meu suplente Carlos Eduardo, a quem desejo sucesso na missão confiada, pois anúncio a minha renúncia da vida política de Divinópolis.
Mas continuarei atento à vida pública e pronto para denunciar e agir, para desmascarar os politiqueiros que visam apenas interesses pessoais e alimentar o ego doentio. Peço desculpas ao povo divinopolitano se algumas vezes não atendi às expectativas, mas fiz o meu melhor, com muita seriedade, honestidade, moral e ética, somados a muito esforço e vontade de melhorar a vida política da cidade.
Anúncio a todos a minha renúncia das atividades políticas do Município de Divinópolis. Sim, estou renunciando a vereança e a pré-candidatura a prefeito ou a vice. Doravante não sou mais Vereador e nem pré-candidato a nenhum cargo público. Faço alerta aos eleitores, que nas próximas eleições, pesquisem a fundo os futuros candidatos, verifiquem antecedentes criminais e processos judiciais, e não se deixem enganar por promessas mirabolantes e sem fundamentos. Questionem e façam análises, pois, um futuro melhor depende da escolha de cada um de nós.
Minha atuação política foi pautada na honestidade, honra e patriotismo que norteiam meu modo de agir, pensar e conduzir a minha vida, adquiri-os pelos meus antepassados e pela minha carreira como Policial Militar. Ingressei na política para ajudar Divinópolis a desenvolver e não vê-la sendo destruída como está sendo atualmente, digo a todos que: Combati o bom Combate, guardei a fé, porém continuarei amando minha cidade, como cidadão Brasileiro e Divinopolitano com muito orgulho”.

Imprimir
Comentários