Finalmente foi aprovado na Câmara Municipal o projeto que autoriza a abertura de crédito suplementar no valor de R$19 milhões para a Prefeitura contratar um financiamento junto à Caixa Econômica Federal, recurso destinado às obras do sistema de tratamento de esgoto em Formiga.
O projeto já tinha sido aprovado no ano passado, mas o processo não foi concluído, uma vez que houve a interrupção de alguns projetos pelo governo federal. Assim, a Prefeitura teve que remeter novamente o projeto à Câmara este ano e aguardava a aprovação dos vereadores para concluir o financiamento.
Na semana passada, o ex-gerente da agência da Caixa Econômica de Formiga, Marcelo Bicalho, esteve na Câmara Municipal para esclarecer sobre o projeto, visto que alguns vereadores ainda tinham dúvidas de como seria feito o financiamento e se o dinheiro seria o suficiente para a construção dos interceptores da margem direita do rio Formiga e afluentes, além da construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).
Marcelo Bicalho sanou as dúvidas dos vereadores e mostrou a importância de se aprovar o financiamento o quanto antes. Esse projeto estava na pauta de votação da semana passada, mas, com os problemas que ocorreram durante a reunião da Câmara, que levaram à falta de quorum para a aprovação do referido projeto, ele teve que ser votado nesta segunda-feira (31).
A aprovação por parte dos vereadores foi unânime, sendo um projeto de fundamental importância para a cidade, que possibilitará um tratamento adequado ao esgoto lançado há 151 anos nos rios da cidade.

print
Comentários