Os vereadores Luciano Duque e Pastor Manoel, estiveram na quinta-feira (22) em Lavras, onde cumpriram uma agenda junto a órgãos ligados à Secretaria de Saúde. Um dos principais assuntos tratados foi com relação ao problema da coleta de sangue em Formiga.
Os vereadores se reuniram na URPA (Unidade Regional de Pronto Atendimento), local onde desde o ano de 2009 funciona o Posto Avançado de Coleta de Sangue do Hemominas. Participaram do encontro, o médico hematologista, Luciano Campos; a técnica em Gestão de Saúde, Ana Lúcia Boscolo e o captador do Posto, Luiz Gustavo Pereira.
Na oportunidade, os vereadores conheceram toda a estrutura organizacional e esclareceram dúvidas a respeito de todo funcionamento, processo de instalação do Posto na cidade e campanhas educativas para captar doadores.
Os edis formiguenses foram unânimes em seus argumentos e destacaram que é preciso todo esforço para aumentar a captação de doadores de sangue em nossa região. É preciso quebrar paradigmas, incentivar o voluntariado e a solidariedade nos cidadãos para que tenhamos mais segurança e garantia e, por conseguinte o suprimento desse líquido precioso que é o sangue ? símbolo da vida. Os vereadores também pretendem mobilizar parcerias na cidade e voluntários com diversas campanhas.
Além de implantação do Posto Avançado de Coleta de Sangue do Hemominas, os vereadores também pretendem realizar campanhas educativas em parceria com Sociedade Médica, Imprensa, Clube de Serviços e toda sociedade organizada para que se aumente o número de voluntários à doação de sangue.
Banco de Leite Humano
Ainda em Lavras, os vereadores visitaram o ?Banco de Leite Humano Elza Murad Avayou?, onde se reuniram com a coordenadora, Renata Santos e com a servidora, Solange Garcia.
De acordo com a coordenação, a implantação do Banco de Leite, que funciona há dois anos, foi por meio de uma parceria entre o Rotary de Lavras, do ex-vereador Dr. Hélio Haddad e a Prefeitura Municipal. Com sede no Centro Viva Vida, onde se encontra uma equipe treinada para o desenvolvimento dos trabalhos e com a ajuda de várias entidades governamentais e não governamentais, que estão voluntariamente envolvidas nesse projeto, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Pastoral da Criança, profissionais das áreas de saúde e educação, bem como professores e alunos das Universidades de Lavras, este projeto traz inúmeros benefícios à toda população.
?Hoje, os Bancos de Leite Humano deixaram de ser apenas um local de coleta para se engajarem na promoção do aleitamento materno?, destacou Pastor Manoel.

print
Comentários