Um incêndio criminoso no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no bairro Rio Novo, em Janaúba, distante cerca de 135 km de Montes Claros, na região Norte de Minas, deixou pelo menos quatro mortos e 22 feridos na manhã desta quinta-feira (5).

Mais cedo, o Corpo de Bombeiros da cidade divulgou que ocorreram seis mortes de crianças na instituição. No entanto, a Polícia Militar confirmou quatro óbitos até o momento. As crianças da creche têm entre quatro e seis anos.

Segundo a PM, um vigia da instituição, com transtorno mental, teria jogado álcool nas crianças e, em seguida, ateado fogo nelas e em si mesmo. O homem ainda estaria vivo, em estado grave, internado em um hospital da região.

O autor do crime foi identificado como Damião Soares do Santos, de 50 anos.

Creche onde aconteceu a tragédia (Foto: Reprodução/Google Street View)

Ainda de acordo com a PM, um avião do governo do Estado segue para Janaúba com o objetivo de buscar os feridos e levá-los até o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, referência em tratamento de queimaduras em Minas. Todos os órgãos de segurança pública estão unidos nas ações de socorro às vítimas. Diante da tragédia, o governador Fernando Pimentel (PT) segue para a cidade para auxiliar as autoridades.

Hospitais de Montes Claros já foram acionados para colocar em prática um plano de contingência com o objetivo de atender rápido as vítimas que estão sendo encaminhadas para a cidade.

A Prefeitura de Janaúba já informou que vai decretar luto de três dias na cidade.

Atualizada às 14h25 

 

 

Fonte: O Tempo ||

print

Comentários