Redação Últimas Notícias 

Na madrugada desta segunda-feira (21), a lua atingiu um tom avermelhado, fenômeno conhecido como Lua de Sangue, durante o único eclipse total deste ano.

O eclipse pôde ser observado completamente nas Américas e parcialmente na Europa e África.

Além do tom avermelhado, a lua estava maior do que o tamanho normal. Isso porque ela estava localizada em um ponto mais próximo de sua órbita ao redor da Terra, o Perigeu.

O fenômeno começou à 00h36. A fase da umbra, quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua, teve início à 01h33. Às 03h12, o satélite atingiu a fase total máxima.

O próximo eclipse total está previsto para maio de 2021, mas não será visível em todo o território nacional e em todas as suas fases. A próxima Lua de Sangue visível para os brasileiros ocorrerá somente em 16 de maio de 2022, segundo a previsão dos pesquisadores.

Para quem perdeu a chance de apreciar o fenômeno deste ano, pode conferir algumas fotos do evento no Brasil e pelo mundo:

Eclipse lunar visto do Memorial JK, em Brasília. (Foto: Eraldo Peres/AP)

 

Eclipse lunar visto de Dortmund, na Alemanha (Foto: Reuters)

 

Eclipse lunar visto da Virgínia, EUA (Foto: Associated Press)

 

Superlua vista de Le Mans, na França (Foto: Jean-François Monier/AFP)

 

Superlua vista de Lisboa, Portugal (Foto: Associated Press)

 

Superlua vista de Turets, na Bielorrússia (Foto: Reuters)

 

Lua cheia vista por trás da Igreja de Santa Elisabeth, em Nuremberg, Alemanha (Foto: DPA via AP)

 

Fonte: Co informações do G1 ||

Imprimir

Comentários