A Polícia Militar prendeu nesse domingo (5), os suspeitos de envolvimento no homicídio de Paulo Vitor de Meneses, de 16 anos, e do furto de um GM/Monza.

Segundo a PM, Paulo Vitor foi morto por ter furtado o veículo no bairro onde os suspeitos residem. Ele foi agredido com capacetes, murros, chutes e pedras.

Um dos suspeitos do homicídio, K. A. S. de 20 anos, foi preso na residência dele. Ele informou aos militares que a vítima havia chegado ao local no veículo furtado e que teve início um atrito onde várias pessoas agrediram Paulo Vitor.

O outro suspeito do homicídio,  W. V. R. também de 20 anos, está foragido. A PM prendeu ainda G. F. R., de 19 anos. Ele não teria participado das agressões, mas estava no local do crime.

Outros dois jovens foram presos suspeitos de terem cometido o furto do Monza juntamente com Paulo Vitor.

L. G. de O. de 18 anos e  K. J. F. S. de 19 anos informaram à PM que ao chegarem ao local do homicídio no Monza foram agredidos pelos suspeitos.  Os dois conseguiram fugir.

Ainda segundo a PM, todos os envolvidos nos crimes, inclusive a vítima possuem extensas fichas criminais por roubos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, ameaças entre outros.

O crime

O corpo de Paulo Vitor foi encontrado, na madrugada desse domingo, durante ação para localizar o veículo furtado. O GM/Monza de cor vinho foi furtado em frente à residência da proprietária, no bairro Água Vermelha.

O corpo da vítima foi encontrado em um local conhecido como “Asfalto Velho”, próximo à rodovia MG-050. De acordo com a PM, Paulo Vitor foi encontrado com várias lesões na cabeça e intenso sangramento.

Imprimir
Comentários